Ir para o conteudo 1

Com o objetivo de desenvolver tecnologias que solucionem os problemas urbanos, o Smart City Cloud Hackathon OpenStack Rio, realizado entre os dias 1 e 3/12, recebeu o apoio e patrocínio da Dataprev, em parceria com a Assespro. A maratona de 40 horas aconteceu na Nave do Conhecimento, na Cidade Olímpica, Zona Norte do Rio de Janeiro. Divididos em 14 equipes, os cerca de 100 maratonistas viveram uma imersão tecnológica, desenvolvendo, programando e formulando ferramentas e soluções digitais para uma cidade mais acessível, inclusiva e organizada.

O Hackathon abordou propostas que envolveram o desenvolvimento de soluções para problemas como mobilidade urbana, saúde pública, monitoramento do clima, descarte ecológico, acessibilidade, entre outras questões acerca da administração urbana. Assessor da Dataprev, Daniel Jesus foi um dos mentores que orientam as equipes durante a maratona.

“O Hackathon mostrou novos conceitos e boas práticas, sobretudo no uso de ambientes de desenvolvimento suportados na Cloud Openstack. A computação em nuvem já é uma realidade no meio corporativo e cresce exponencialmente no meio governamental. Apesar dessa evolução, ainda podemos amadurecer e inovar na entrega de ambientes seguros, escaláveis e ágeis. Foi muito proveitoso participar da maratona porque pude observar ideias e soluções para problemas e desafios, além de somar com a proposta”, ressaltou o assessor.

O superintendente de Desenvolvimento de Software, Diogo Pizzaneschi, foi um dos jurados da maratona e também destacou a importância de incentivar ações de desenvolvimento e inclusão digital. “É fundamental pensar em políticas públicas de tecnologia. Apoiar essas iniciativas é entender a realidade e necessidade que vivemos e buscar soluções para as dificuldades. Esse é o nosso papel enquanto empresa pública de tecnologia. Tudo que nós vimos aqui, todos os projetos, mostraram como o país tem potencial de evoluir, expandir e avançar muito em tecnologia”, ressaltou Diogo.

A equipe vencedora desenvolveu o protótipo “Alirou”, uma plataforma colaborativa que conecta diversas informações sobre acessibilidade e mobilidade urbana para pessoas com deficiência. O objetivo é que o aplicativo reúna informações de locais acessíveis para cadeirantes, vagas em estacionamento, entre outras necessidades do público. A equipe, composta por Jesiel Conceição, Alexandre Werneck, Pedro Mendes e Luiza Valério, ganhou como prêmio uma viagem para a Vancouver OpenStack Summit 2018, além cursos de tecnologia da informação e mentoria técnica pós o evento.

Sobre o OpenStack

Os Hackathons OpenStack têm como meta a educação de desenvolvedores para construção e desenvolvimento de ambiente de cloud. A Smart City Cloud Hackathon Openstack Rio tem como proposta criar cidades inteligentes por meio de aplicações na nuvem que interligam pessoas e o meio ambiente para o bem-estar da sociedade, fomentando a criação de soluções criativas para gestão de metrópoles.