Ir para o conteudo 1

Imagem de celular com as telas do aplicativo Sine Fácil Empregador na mão de um usuárioCom 1,3 milhão de downloads, o Sine Fácil completa 1 ano nesta quarta-feira (23/5) com uma nova versão, desta vez destinada ao empregador. Pelo aplicativo, desenvolvido pela Dataprev para o Ministério do Trabalho, o empregador pode agora disponibilizar vagas de emprego, pesquisar currículos de candidatos, selecionar trabalhadores para participar de processos seletivos, consultar entrevistas agendadas e informar o resultado do processo de contratação. 

O novo aplicativo está disponível inicialmente para dispositivos Android e faz parte do conjunto de iniciativas voltadas a modernizar as relações de trabalho e estimular o diálogo entre empregados e empregadores, tornando mais eficiente o acesso a serviços prestados aos cidadãos.

O evento de lançamento foi no Ministério do Trabalho e contou com a presença do ministro, Helton Yomura, do secretário-executivo, Leonardo Arantes, do secretário de Políticas Públicas de Emprego, Marcos Orlando Menezes Ferreirado, do presidente da Dataprev, André Leandro Magalhães, entre outras autoridades.

Mesa de autoridades durante evento do Sine Fácil. Presidente da Dataprev à esquerda, ao lado do ministro do Trabalho“É um orgulho estar presente neste evento e consolidar a nossa parceria com o Ministério do Trabalho neste projeto de inovação e que oferece à sociedade brasileira mais acessibilidade às políticas sociais no país. A Dataprev é uma empresa pública reconhecida não somente perante o mercado nacional, mas também internacionalmente. Somos uma empresa certificada e premiada, competindo inclusive com a iniciativa privada. O Sine Fácil é uma das soluções de mais sucesso, que superou, inclusive, o atendimento presencial nas agências, e tem hoje uma média mensal de 7,5 milhões de buscas por emprego. É também uma das iniciativas voltadas à desburocratização e que visam o melhor uso dos recursos públicos”, destacou André Leandro Magalhães.

Um estudo realizado pela Dataprev indica que, de 2012 a 2018, cerca de 500 mil novas empresas ofertaram 4,3 milhões de vagas de emprego por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine), sendo a área de serviços o principal foco. E quanto mais empresas utilizarem o aplicativo, mais oportunidades surgirão para os trabalhadores.

Como acessar o Sine Fácil Empregador

Para ter acesso às funcionalidades do Sine Fácil Empregador é necessário estar cadastrado na rede do Sine e ter acesso habilitado na Intermediação de Mão de Obra (IMO Web). Do contrário, será preciso fazer um pré-cadastro na aplicação.

Após a instalação do aplicativo, o empregador precisará se autenticar para utilizar os serviços disponíveis. O sistema solicitará os dados do empregador (CEI, CNPJ ou CPF) e senha. Após a autenticação, o usuário terá acesso à tela de serviços disponíveis.

Pré-cadastro

O empregador que não tiver cadastro ativo na rede do Sine ou que não estiver habilitado para acesso na internet na Intermediação de Mão de Obra pode fazer um pré-cadastro, seguindo o passo a passo informado nas telas do aplicativo.

Versões anteriores

Nas duas versões anteriores do Sine Fácil, lançadas em maio e novembro de 2017, o foco era o trabalhador. O app facilita a busca por vagas de emprego e, após atualização, passou a incorporar novas funcionalidades como a possibilidade de o trabalhador alterar dados do seu cadastro pelo celular e incluir ou remover pretensões profissionais.

Pelo aplicativo já foram realizadas, até maio de 2018, cerca de 65 milhões de buscas por vagas de emprego e 491 mil trabalhadores foram encaminhados a processos seletivos em todo o país.

De fácil utilização, mesmo por aqueles com pouco conhecimento de tecnologia, as duas versões são gratuitas e estão disponíveis nas versões para Android e iOS.

CTPS Digital e Seguro-Desemprego pela internet

Também em 2017, a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ganhou uma versão digital desenvolvida pela Dataprev. Pelo aplicativo, também disponível nas versões Android e IOS, é possível acessar todos os dados disponíveis no documento impresso, como informações da identificação civil e dos contratos de trabalho. Desde o lançamento, em novembro de 2017, já foram feitos mais de 230 mil downloads do aplicativo.

A vantagem é que o trabalhador terá as informações à mão sempre que precisar fazer uma consulta. Pela ferramenta, também é possível solicitar a 1ª e 2ª via do documento.

Também com o objetivo de garantir mais eficiência na prestação de serviços públicos, reduzir custos e dar mais comodidade ao trabalhador, é possível agora fazer a solicitação do seguro-desemprego pela internet.

Os postos de atendimento estão aptos a fazer, em média, 700 mil requerimentos por mês. A iniciativa, desenvolvida pela Dataprev, está disponível pelo Portal Emprega Brasil. O trabalhador preenche o formulário pela internet e só precisa comparecer a um posto de atendimento para validar o requerimento. A validação é importante para dar mais segurança ao processo. Até o momento, já foram feitas 9.519 solicitações pelo portal.

Além de agilizar o atendimento, a mudança permite que um maior número de trabalhadores seja atendido por dia. Outra vantagem é que o prazo para receber o benefício começará a contar no momento em que o formulário for preenchido pela internet, antes mesmo do trabalhador comparecer a um posto de atendimento.

Para acessar o Portal Emprega Brasil, digite https://empregabrasil.mte.gov.br