Ir para o conteudo 1

Logomarca do 5º Fórum TIC na Justiça, com símbolo da balança que representa a Justiça Campo Grande (MS) recebe nesta quinta (3) e sexta-feira (4) o “5º Fórum TIC na Justiça: Desafios e Soluções”. O evento promove a troca de conhecimento e o debate sobre como a tecnologia pode impulsionar a prestação eficiente de serviços à sociedade. O presidente da Dataprev, André Leandro Magalhães, participou da cerimônia de abertura do evento.

“A Dataprev é uma empresa confiável e com capacidade para absorver e processar as demandas do judiciário. Estamos expandindo o portfólio de soluções em nuvem, firmando parcerias para prestação de serviços de informação por longo prazo, sem risco e com migração de suportes e sistemas. Temos condição de garantir segurança dos dados e alta disponibilidade”, afirmou.

Além da Dataprev, compuseram a mesa de abertura do fórum o desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, presidente do Comitê de Governança de TIC do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul  (TJMS); Lucio Melre da Silva, diretor de Tecnologia da Informação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); o promotor de justiça Paulo César Zeni, assessor Especial da Procuradoria Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (PGJ-MPMS); Mansour Elias Karmouche, presidente da Ordem dos Advogados do Mato Grosso do Sul (OAB-MS); e Alfredo Deak Junior, diretor para a América Latina da área de Segurança Pública e Justiça da Microsoft.

O desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, presidente do Comitê de Governança de TIC do TJMS, destacou o pioneirismo do Mato Grosso do Sul no processo eletrônico, experiência que posteriormente foi levada para outros estados. “De forma merecida, Campo Grande foi escolhida para sediar o 5º Fórum TIC na Justiça”, afirmou. 

O promotor Paulo Zeni também destacou o pioneirismo do TJMS no processo eletrônico. “Em 28 de junho o tribunal concluiu a implantação do sistema de processo judicial e extrajudicial digital e agora opera em meio 100% eletrônico”, explicou. “O processo eletrônico já é uma realidade no Poder Judiciário”, completou o diretor de Tecnologia da Informação do CNJ, Lucio Melre da Silva.

A Dataprev é uma das patrocinadoras do 5º Fórum TIC na Justiça. Às 15h20, Alan Santos, assessor da Diretoria de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações (DRD), e Edmar Ferreira, gerente de conta de Novos Negócios, ministrarão a palestra “Solução de Preservação Digital de Documentos”. No dia 4, a partir das 9h, Antonio Hobmeir, assessor da Presidência, será um dos participantes do painel “Desafios e Benefícios da Computação em Nuvem para a Justiça”.