Acompanhe a Dataprev

Presentes arrecadados no Rio de JaneiroEmpregados da Dataprev contribuíram com um total de 432 presentes para a campanha Papai Noel dos Correios, iniciativa que existe há 26 anos e conta com a participação da empresa pelo segundo ano seguido. O objetivo é realizar os desejos de meninos e meninas de comunidades carentes, ao encontrar padrinhos para as cartas escritas ao Papai Noel. 

A campanha contempla, além das cartas das crianças que escrevem diretamente ao Papai Noel, as cartas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras dos Correios, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Segundo informações divulgadas pela instituição, nos últimos três anos, a campanha realizou os sonhos de mais de um milhão de crianças, por meio da mobilização de milhares de padrinhos e ajudantes.

Na Dataprev, por meio de uma parceria entre a Coordenação de Responsabilidade Socioambiental (CORS) e os Correios, foram arrecadados 226 presentes no Rio de Janeiro e 206 nos estados de Pernambuco, São Paulo, Espírito Santo e Ceará.

“Neste ano, no Rio de Janeiro, foram resgatadas 180 cartas, um número maior do que o ano passado, e foi surpreendente. Tivemos que pegar mais 46 cartas, até atingir essas 226 escolhidas pelos empregados”, disse o coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Dataprev, Marco Aurélio Guilherme da Silva.

As cartas da criançada contendo seus desejos são enviadas em todo o país para as agências dos Correios por instituições públicas, como as escolas em que estudam. Nos últimos três anos, em todo o país, foram recebidas 1,9 milhão de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios, e quase 80% delas foram adotadas, o que equivale a 1,5 milhão de cartas. Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social.