Ir para o conteudo 1

Logomarca com as letras UDs 10 ANOSA Dataprev comemora em 2016 os dez anos das Unidades de Desenvolvimento de Software (UDs), que tiveram papel fundamental ao longo dos anos para um aumento da capacidade produtiva da empresa, no atendimento a novas demandas e novos clientes. Subordinadas à Diretoria de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações (DRD), hoje estão localizadas em Natal (RN), no Rio de Janeiro (RJ), em Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), e Florianópolis (SC).

"Sem dúvida as UDs foram o grande marco da virada da empresa. A Dataprev era vista como uma empresa que não conseguia fazer entregas, por uma série de razões. Com a vinda das UDs, em 2006, mudamos o jogo. Ali de fato os nossos clientes mudaram a visão deles sobre a Dataprev", afirmou o diretor Rogério Mascarenhas (foto abaixo), durante evento realizado na Paraíba, na segunda-feira (28).

O superintendente de Desenvolvimento de Software, Diogo Pizaneschi, ressaltou o processo de crescimento e amadurecimento, entre erros e acertos, que as Unidades de Desenvolvimento passaram pelos últimos anos. "Temos essa missão de ser uma alavanca da empresa para as entregas", disse, acrescentando que o momento é de renovação desse ciclo: "Começamos com um processo com metodologia mais ágil, com entrega mais rápida, com entrega de valor em menos tempo para o cliente, que precisamos aprimorar. É para esse novo ciclo que precisamos nos preparar ".

Diretor Rogério Mascarenhas fala para empregados durante evento na Paraíba

O evento contou com a presença do coordenador-geral de Tecnologia da Informação do INSS, Ilton José Fernandes Filho, e dos superintendentes da Dataprev Hermes Dourado (Relacionamento) e Edgard Prates (Atendimento). Também participaram da comemoração os gerentes das Unidades de Desenvolvimento Mario Matos (UDPB), Haroldo Maximo (UDCE), Solon Lucena (UDRN) e Helder Rocha (UDSC).

Histórico - A criação das Unidades de Desenvolvimento foi uma das iniciativas estratégicas para a diversificação do portfólio de serviços da Dataprev. Dos cerca de 3.800 empregados da empresa, hoje 736 deles atuam nas cinco UDs, responsáveis pelo desenvolvimento, pela manutenção e evolução de mais de 140 produtos transacionais e analíticos.

As unidades trabalham seguindo o mesmo padrão de desenvolvimento, as mesmas ferramentas e a mesma estrutura. Isso possibilita que uma mesma solução seja desenvolvida paralelamente por mais de uma UD, o que garante a qualidade e manutenção dos sistemas, independentemente de sua origem.

Segundo Pizaneschi, existe uma distribuição lógica baseada na afinidade funcional das aplicações, o que potencializa a produtividade. Nesse sentido, a UDPB atende quase a totalidade das demandas do Ministério do Trabalho. Na UDRN está concentrada a maior parte dos projetos do Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal (Sigepe) e o atendimento à Funpresp.

Já na UDCE se destacam os sistemas da Nova Folha de Pagamentos do INSS, enquanto na UDSC as equipes atuam no desenvolvimento, por exemplo, do Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (Sirc). A UDRJ, por sua vez, é responsável pela manutenção dos sistemas da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), recém-modernizados, além do desenvolvimento de aplicações mobile para o INSS.