Ir para o conteudo 1

Representantes da Dataprev durante a entrega do selo no DCD AwardsA Dataprev é a primeira empresa pública da América Latina a receber o selo CEEDA - Certified Energy Efficiency in Data Centres Award - que atesta as melhores práticas de eficiência energética de seus três data centers (Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal) e confirma que a gestão e operação dos ambientes estão alinhadas com a estratégia de sustentabilidade operacional da empresa. Conferido pela Datacenter Dynamics Brasil Tecnologias Ltda, o selo é independente, ou seja, não possui vínculo com fornecedores e fabricantes.

O anúncio da conquista do selo no nível prata foi feito nesta terça-feira, 6/11, durante o DCD Brasil 2018, evento anual que reúne os principais players do setor e que este ano foi realizado em São Paulo.

“Além do selo Tier III, que atesta que nossa infraestrutura atende aos altos padrões exigidos pelo mercado, recebemos agora esta certificação que confirma não só que a gestão e operação dos nossos data centers são consistentes, mas principalmente que a Dataprev é uma empresa comprometida com o desenvolvimento sustentável”, destacou o diretor de Tecnologia e Operações, Matheus Belin.

Durante o evento, o coordenador de Gestão de Engenharia e Facilities, Eduardo da Costa Sousa, apresentou no Innovation Stage o trabalho realizado para que a certificação fosse conquistada.

Como é feita a avaliação

Para receber o selo, a empresa passa por um ciclo de avaliação que tem duração de 2 anos. Na avaliação inicial é feita uma análise detalhada da implementação de um conjunto de melhores práticas em eficiência energética em instalações mecânicas e elétricas, de TI e de gestão operacional. Já na segunda, estimam-se os impactos do plano de eficiência energética, a infraestrutura e os serviços prestados.

Esse processo é feito da seguinte forma: um auditor da empresa contratada reúne, de forma remota, evidências da execução e o método de medição das 90 melhores práticas e métricas. Uma vez completo, ele visita as instalações, elabora um relatório com base nos resultados da avaliação e recomenda um nível de certificação (Bronze, Prata ou Ouro). Este relatório é então analisado e um representante da Dataprev é entrevistado antes da confirmação do nível de certificação alcançado. Em seguida, o relatório de avaliação é entregue.

Por dentro dos data centers

Os data centers da Dataprev contam com sistemas de climatização de precisão, que, além de garantir as condições de temperatura e umidade adequadas para operação dos equipamentos de TI, são mais eficientes que os sistemas convencionais.

Os ambientes têm também uma configuração de corredor quente/frio, responsável pela separação entre o ar frio insuflado pelo sistema de climatização e o ar quente que é dissipado pelos equipamentos de TI. Esse modelo garante uma melhoria da eficiência energética do sistema de climatização do data center, uma vez que não há mistura entre o ar frio e o ar quente, o que ajuda na manutenção da temperatura adequada no ambiente de TI.

Além disso, os data centers São Paulo e Rio de Janeiro possuem sistemas de climatização baseados em água gelada, com utilização de chillers de condensação a ar, que, além de mais eficientes, permitem um acompanhamento contínuo das condições ambientais externas (temperatura e umidade), visando elevar a temperatura de saída da água gelada. Para se ter uma ideia, o aumento de 1º C na temperatura de saída da água gelada proveniente dos chillers pode representar uma economia de até 2% no consumo de energia total do data center.

Por fim, é importante citar que todos os data centers utilizam iluminação LED, mais eficiente do que as lâmpadas fluorescentes.