Acompanhe a Dataprev

Final da Hackathon Dataprev 2019Quem gosta de emoção, mas nunca participou de uma hackathon não sabe o que está perdendo. A maratona é uma montanha russa de sentimentos: quando parece que já deu tudo certo, pode não dar; quando não se tem mais esperanças, uma nova chance pode surgir. Superação, conquistas, novas aplicações e uma premiação no final são uma parte de tudo que acontece durante a competição. Na Dataprev, a situação não é diferente. Neste fim de semana (26 e 27/10), equipes da empresa conquistaram ótimos resultados na Hackathon Dataprev 2019 e na HackPRO.

A união é fundamental na solução proposta pela equipe JampaHackTeam. Para monitorar o uso do dinheiro enviado diretamente às escolas pelo FNDE, o time propôs a criação de um super data lake que irá permitir o acompanhamento dos investimentos tendo como indicador o resultado alcançado pelos alunos (IDEB). E o prometido durante o desenvolvimento da ideia foi cumprido. Para Karine dos Santos, que representou a presidência do FNDE no evento, a equipe entregou uma solução cujo escopo vai além do problema apresentado para eles. Não é a toa que Thiago Medeiros, Dienert Vieira e Emerson Silva levaram o 1º lugar da Hackathon Dataprev 2019.

Final da Hackathon Dataprev 2019vai_na.sort(); ou vai na luta? Para Alysson da Silva, André de Sousa, Miguel Queiroga e Wesley Menezes foi na garra mesmo. Depois de um ano ruim, a equipe viveu uma história de superação nesta hackathon. Saindo da pilha de papel para o século XXI, o time propôs que os usuários do FIES ajudem o FNDE a auditar as mensalidades cobradas dos bolsistas pelas instituições de ensino superior. O desafio escolhido por eles exigia a estruturação de uma solução partindo do zero. Com muito mais trabalho do que sorte, eles alcançaram o 2º lugar da Hackathon Dataprev 2019 e voltaram orgulhos e premiados para João Pessoa (PB).

Todos já estavam com fome quando começou a apresentação da equipe Educação4.0. Para completar, André Bessa, Carlos Alberto Filho, Thiago Cunha e Leandro Campos começaram a apresentar a solução que propuseram para a política de alimentação escolar do FNDE falando de cuscuz.

Para o time, reunir informações de todos os atores envolvidos no processo que culmina em um prato quentinho de merenda na mesa dos estudantes (cuscuz, talvez?) é o segredo do sucesso. Assim, a contribuição de quem produz, quem fornece, quem prepara e quem coordena todo este trabalho será fundamental para garantir a qualidade do lanche oferecido aos alunos e a transparência e auditagem do FNDE. De sobremesa, levaram a 3ª colocação da Hackathon Dataprev 2019.

Final da Hackathon Dataprev 2019Quem conhece a CabañaThon? Depois deste fim de semana, muita gente é fã destes garotos. O formato da Hackathon Dataprev, com uma etapa classificatória e eliminatória, leva para a maratona de desenvolvimento as cinco primeiras colocadas. A CabañaThon foi a sexta. Pedro Seligmann, Adriano Dodó, Renan de Paula e Francisco Barreto nem precisaram esperar um ano para tentar entrar na competição novamente porque a parceria da Dataprev com o Hacktudo levou a equipe para participar da hackathon principal do festival de cultura digital, a HackPRO.

Propor soluções para a emergência climática foi desafiador para o time. Mas a Dataprev não fica para trás e a equipe levou a 2ª colocação da HackPRO do Hacktudo disputando com competidores de outras empresas. O projeto proposto pela CabañaThon irá possibilitar que instituições de ajuda humanitária sejam avisadas sobre as necessidades das vítimas de catástrofes climáticas, unindo quem quer ajudar com aqueles que precisam de ajuda.

Na apresentação da equipe *DataThinkers*, Letícia Hartmann, Edemar dos Santos, Bernard Pereira, e Marcelo Gomes propuseram a criação do livro do futuro. A ideia do time é desenvolver uma solução multiplataforma disponibilizada para professores e alunos. A equipe CodeStation acredita que o parceiro ideal do FNDE na política de alimentação escolar são as merendeiras. Por isso, o time propôs trabalhar com este público para apoiar o fundo no controle da qualidade nutricional da merenda.

Final da Hackathon Dataprev 2019O secretário adjunto de Governo Digital do Ministério da Economia, Ciro Avelino, a representante da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação, Samara Zacarias, a diretora de Ações Educacionais do FNDE, Karine dos Santos, o coordenador-geral de Suporte Operacional ao Financiamento Estudantil, Flávio Pereira, e o diretor de Relacionamento e Negócios da Dataprev, André Côrte, compuseram o juri da Hackathon Dataprev 2019. Para o diretor, a missão da empresa de prover cidadania digital ao alcance de todos estava presente nas seis soluções apresentadas pelas equipes da empresa na Hackathon Dataprev e na HackPRO. “Os maratonistas da Dataprev apresentaram a qualidade técnica da empresa para transformar cada uma das ideias propostas em uma solução efetiva para o cidadão brasileiro”, avaliou Côrte.

Pelo segundo ano consecutivo, a Hackathon Dataprev fez parte do festival de cultura digital Hacktudo. O evento é patrocinado pela Dataprev via lei de incentivo fiscal da Prefeitura do Rio de Janeiro. Além de maratonas, o Hacktudo realizou hack conferences, exposições, oficinas, corridas de drones, futebol e lutas de robôs e muito mais. A cobertura do evento está disponível nas redes sociais da empresa e nas do Hacktudo.

https://www.instagram.com/dataprevcidadaniadigital/
https://twitter.com/dataprev
https://web.facebook.com/dataprevtecnologia/
https://www.linkedin.com/dataprevtecnologia

https://www.instagram.com/stories/hacktudofestival/
https://web.facebook.com/hacktudofestival/