Ir para o conteudo 1

Patrocinadores reunidos em frente à marca das empresas que dão apoio ao projetoCom um parque ao ar livre com árvores, flores e aves, o Museu da Vida é um dos três projetos culturais patrocinados pela Dataprev em 2017, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. O local faz parte da Casa de Oswaldo Cruz, um centro dedicado à preservação da memória da Fiocruz e às atividades de divulgação científica, pesquisa, ensino e documentação da história da saúde pública e das ciências biomédicas no Brasil.

Criado em 1999 e localizado no mesmo local onde fica a Fiocruz, no bairro de Manguinhos, o Museu da Vida conta com outros espaços, como um castelo, uma pirâmide, uma tenda de teatro, laboratórios, trilhas histórico-ecológicas, um borboletário e salas de exposições.  O local recebe cerca de 4 milhões de visitantes por ano, a grande maioria estudantes e professores da rede pública de ensino. Clique para ver a galeria de fotos.

Na quarta-feira (17), parceiros e patrocinadores tiveram a oportunidade de conhecer os projetos desenvolvidos pelo museu. A coordenadora-geral de Qualidade de Vida da Dataprev, Maria Cabral, ressaltou a importância de estimular a disseminação e conhecimento sobre ciência, tecnologia e saúde e, com isso, proporcionar um futuro melhor para os jovens e o país.

"Quando a gente vê de perto o impacto e o resultado desses projetos para a sociedade é emocionante. O olhar curioso dos jovens nas atividades, o envolvimento deles, o aprendizado e a alegria com as descobertas são muito gratificantes. Nós, por sermos uma empresa pública, temos sempre essa preocupação, de estimular o desenvolvimento social. Patrocinar uma iniciativa como essa é um investimento social”, destacou.

Aniversário de 18 anos
Em maio, o Museu da Vida comemora 18 anos de existência com uma programação especial. A celebração começou nesta quarta, com o descerramento da placa comemorativa em homenagem aos patrocinadores deste ano, entre eles, a Dataprev.

À tarde, houve o lançamento do livro “Museu da Vida: Ciência e Arte em Manguinhos”, que inclui depoimentos e fotografias inéditas e narra a trajetória do museu ao longo dos anos. Os visitantes conheceram também o Ciência Móvel, um museu itinerante que, em uma carreta de 14 metros de extensão, especialmente adaptada e equipada, leva tecnologia exposições, jogos interativos e oficinas às regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos. Por onde passa, o caminhão se transforma em uma sala multimídia, proporcionando debates sobre os mais variados temas.

Já são mais de 10 anos de estrada, 70 mil quilômetros rodados, 150 cidades visitadas e 700 mil pessoas contempladas. Parte dessas histórias estão registradas no livro lançado na quarta.

Foi anunciada ainda a nova temporada do programa “Amigos do Museu da Vida”, que em 2017 chega à sua terceira edição como referência nacional em inclusão social, cultural e científica, com respaldo científico da Fiocruz. O programa inclui a manutenção de um ônibus exclusivo e gratuito com a marca do Museu da Vida para facilitar a ida ao campus. A iniciativa beneficia, principalmente, as escolas públicas do Grande Rio.

Apresentações do coral da Fiocruz e do grupo Nopok, que une circo, arte e ciência e é uma das grandes atrações do Ciência Móvel, fizeram parte das atividades. O grupo “Música na Calçada” fez um show de encerramento.

O Museu da Vida funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30, e aos sábados, das 10h às 16h. Visitas podem ser agendadas pelo telefone: 21 2590-6747. O endereço é Avenida Brasil, 4.365, Manguinhos, no Rio de Janeiro.

Seleção de projetos - A Dataprev foi aprovada como contribuinte incentivadora pela Prefeitura do Rio em 2016 e os projetos culturais foram selecionados a partir de inscrição disponível no Portal Dataprev e análise de uma equipe multidisciplinar com participação de áreas estratégicas da empresa. A seleção teve como foco projetos em consonância com o planejamento estratégico da empresa, além das diretrizes governamentais.

Além Museu da Vida, os outros dois projetos culturais que receberão incentivo de até 20% do total do ISS apurado na empresa serão o HACKPUC 2017 e o MAR na Academia.

Sobre a Dataprev - Empresa do governo federal que fornece soluções de tecnologia para políticas públicas estratégicas e sociais, a Dataprev se tornou uma referência de qualidade no processamento e no tratamento de grandes volumes de dados. Guarda e faz a gestão do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), maior banco de dados da América Latina, que permite a concessão automática de vários direitos sociais, como aposentadorias, salário-maternidade e seguro-desemprego.