Ir para o conteudo 1

Paulo Marques e Isabel VasquesA assistente de TI Isabel Christina Vasques começou a trabalhar na Dataprev em fevereiro de 1978. Na recepção da unidade do Rio de Janeiro, à época situada no Edifício Andorinhas, no Centro, Bel, como é conhecida pelos amigos, conheceu o também assistente de TI Paulo Roberto Marques (foto à esquerda). Era seu primeiro dia na empresa. Hoje, o que eles têm em comum, além de trabalhar no mesmo local por quatro décadas, é uma vida compartilhada há 27 anos.

“A primeira pessoa que olhei assim que eu pisei na Dataprev foi ele. O Paulo trabalhava no setor próximo a mim e por esse motivo tivemos muito contato. Mas só começamos a namorar em dezembro, depois de uma festa de fim de ano”, conta.

No início, acreditava-se que ter um relacionamento com alguém da mesma empresa era um desafio. No entanto, Isabel é taxativa ao ponderar sobre os prós e contras. “Não tem nenhum contra. Para mim, é muito fácil. Ele é meu melhor amigo e por isso somos tranquilos até nos momentos mais complicados. Dividimos tudo e, apesar de sermos diferentes, nos apoiamos mutuamente”, explica.

Para Paulo Roberto, a companhia diária reforça o relacionamento. Ele conta ainda que sente falta de Isabel quando ela entra de férias sem ele.

“Eu costumo dizer que tudo que tenho na minha vida foi a Dataprev que me deu, porque, além do que consegui por meio do trabalho, aqui eu construí uma família”. O casal tem dois filhos, João Victor e Kamylla, que atualmente estão com 36 e 22 anos, respectivamente.

Isabel e Paulo não são os únicos. Os analistas de TI Bruno Musco e Diana Musco (foto abaixo, à direita) também começaram a construir e compartilhar uma vida na Dataprev. Eles se conheceram em 2013 no Data Center Rio de Janeiro, localizado no Cosme Velho, e há quatro anos trabalham juntos na Divisão de Gestão Operacional.

Diana e Bruno“No início éramos apenas conhecidos. Quando ela veio para o meu setor, começamos a conversar mais. A partir daí, um sentimento maior do que amizade começou”, conta Bruno. Ele ressalta ainda que sempre foi muito brincalhão e isso foi fundamental para sua aproximação com Diana.

Depois de muita conversa e amizade, eles começaram um relacionamento, em 2015. No ano seguinte, se casaram. A cerimônia realizada em setembro de 2016 contou com a presença de alguns colegas da Dataprev.

Para Diana, o apoio dos amigos foi um fator importante. “Foi bem tranquilo assumir nosso relacionamento no início porque nossos colegas sempre nos apoiaram e torceram por nós”. Ela acrescenta ainda que nunca deixou nenhum problema pessoal impactar na vida profissional.

Para o casal, compartilhar o mesmo ambiente de trabalho está longe de ser um problema. “Alguns falaram que isso é horrível. Eu acho o contrário, porque o companheirismo aumenta. Estamos sempre nos ajudando. Passamos a maior parte da vida no trabalho e é muito bom que ela esteja ao meu lado”, conclui Bruno.

Hoje, Diana está grávida de cinco meses de Murilo, primeiro filho do casal. A parceria, que começou na Dataprev, promete muitos anos de boas histórias para contar.

Por dentro da Dataprev - Este espaço mostra a vida dos empregados dentro e fora da Dataprev.