Acompanhe a Dataprev

Tela do Portal Mais Emprego

A nova versão do Portal Mais Emprego, desenvolvido pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) para o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), está agora interligada ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Ministério da Educação (MEC). Com isso, a pré-matrícula do segurado nos cursos de qualificação profissional do programa será feita de forma automática, de dentro do próprio portal, durante os atendimentos para concessão do seguro-desemprego.

A integração promovida pelo portal, disponível a partir deste mês de novembro, também permite o acompanhamento de frequência nos cursos, acionando o cancelamento automático do benefício, caso o trabalhador abandone a capacitação. A expectativa do MTE é que os novos recursos contribuam para reduzir fraudes e acelerar o atendimento do cidadão.

“Antes, a atendente precisava acessar dois sistemas diferentes, um do MTE, para fazer o cadastro do trabalhador no seguro-desemprego, e outro do MEC, para incluí-lo no Pronatec”, destaca Flavio Ronison, gerente de contas da Dataprev. Na nova versão, os sistemas dos dois ministérios estão integrados. Durante o processo de concessão do seguro-desemprego, o programa consulta os dados do segurado e, se ele estiver fazendo a solicitação pela segunda vez em um período de dez anos, será automaticamente encaminhado à qualificação profissional, um requisito das novas regras para receber o benefício.

“A nova versão do Portal Mais Emprego é um passo muito importante, pois dois dos maiores programas do governo federal passam a funcionar de forma integrada e coordenada no mesmo atendimento”, afirma Ronison.

O Portal Mais Emprego existe desde 2011. Foi desenvolvido pela Dataprev na Unidade de Desenvolvimento da Paraíba (UDPB) em linguagem Java. Contabiliza 35 mil atendimentos por dia, em média, e, em momentos de pico, chegou a registrar 42 mil atendimentos por dia.

Seguro-desemprego ao Pescador Artesanal - Além da melhoria relacionada ao Pronatec, a Dataprev implementou no Portal Mais Emprego, no dia 1º de novembro, um novo recurso de segurança na funcionalidade que concede o benefício ao pescador artesanal durante o período do defeso, quando a pesca é proibida. Para dar maior confiabilidade às solicitações, a Dataprev desenvolveu um sistema de Segurança de Autorização de Controle, com o objetivo de validar os computadores da rede de atendimento do MTE. Somente essas máquinas estarão habilitadas a encaminhar requisição de seguro-desemprego para o pescador artesanal em época de defeso. O propósito é impedir a captura de dados e a inserção de pedidos falsos por computadores não autorizados.