Ir para o conteudo 1

Da esquerda para a direita: Helton Moreira, Fernando Junqueira, Rogério Mascarenhas, André Leandro Magalhães e Luiz BellottiDar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Dataprev, sempre buscando inovar e conquistar novos desafios. Esse foi o tom da conversa do novo presidente da Dataprev, André Leandro Magalhães, com equipes de diferentes áreas nos dois dias em que esteve no Rio de Janeiro, segunda (3) e terça-feira (4). Para ele, em um cenário de competitividade que envolve não só a iniciativa privada como o mercado público, a empresa tem em seus colaboradores seu principal ativo. André esteve no prédio em Botafogo e no Cosme Velho, onde conheceu a infraestrutura do data center, que recebeu a certificação Tier III em design.

“A Dataprev, sem dúvida alguma, é referência na área de tecnologia e na área pública. Uma empresa que, por meio do seu principal ativo, que são as pessoas, tem construído momentos de vitória”, afirmou o presidente, que tomou posse em Brasília, na última quarta-feira (29).

“Espero que façamos um bom trabalho em conjunto, dando continuidade ao que foi desenvolvido nos últimos anos”, completou.

Ao apresentar o novo presidente, o diretor de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações, Rogério Mascarenhas, que ocupava interinamente a presidência nos últimos meses, citou a evolução da Dataprev nos últimos dez anos e ressaltou que a experiência de André Magalhães, tanto na área de tecnologia como de gestão, pode contribuir para que a empresa siga nessa direção.

“A Dataprev vem em um processo de mudança muito intensa. Uma cultura forte de resultados. E é fruto do trabalho dessa equipe que você vai conhecendo aos poucos. Estou certo que o seu conhecimento em gestão, adquirido nas várias atividades desenvolvidas ao longo dos anos, tem muito a agregar no desenvolvimento dessa empresa”, disse Mascarenhas, ao lado do diretor de Finanças, Álvaro Botelho, que participou dos encontros.

Uma das primeiras ações de André Magalhães à frente da Dataprev foram visitas institucionais a clientes estratégicos. Na semana passada, ele esteve no Ministério do Trabalho e no INSS, com o objetivo de ratificar a importância da empresa junto aos processos e negócios de seus clientes. Novos encontros com outros clientes, entre eles, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, serão agendados para os próximos dias.

“O cliente encontra no profissional da Dataprev não só o fornecedor do serviço, mas aquela pessoa que sabe o porquê, os acertos, os erros de cada projeto. Esses profissionais, que são vocês, agregam um valor de inteligência ao negócio”, explicou André Magalhães.

“Na Esplanada (dos Ministérios), você tem sempre a necessidade de se mostrar competitivo e interessante aos clientes. Nós temos que buscar ser ambiciosos para vencer os desafios do mercado”, completou.

Presidente André Magalhães fala aos empregados, ao lado dos diretores Álvaro Botelho e Rogério Mascarenhas

Durante o bate-papo, o novo presidente respondeu a perguntas dos empregados sobre tecnologia, segurança da informação, novos negócios, inovação, planejamento em TI, investimentos e compliance. Temas recentes, que fazem parte da pauta do governo, também foram abordados, como a questão da terceirização e da Reforma da Previdência.

André foi questionado, ainda, sobre questões que envolvem diretamente a empresa, como o Acordo Coletivo de Trabalho, a migração do CV3 e o Programa de Desligamento Incentivado (PDI), voltado a empregados aposentados em atividade, e que chegou à sua sexta edição consecutiva em 2015. A proposta de um novo PDI já foi elaborada e a Dataprev aguarda autorização para execução do programa em 2017.

Na visita ao data center, André recebeu do superintendente de Operações, Helton Moreira, as explicações técnicas sobre o ambiente, que teve sua capacidade de refrigeração e elétrica ampliada.  O gerente do DCRJ, Luiz Bellotti, também o acompanhou na visita. O processo de modernização culminou com a conquista da certificação internacional Tier III em design.

Veja a galeria de fotos da visita

“Um projeto maravilhoso e é ótimo saber que existe a possibilidade de expansão, caso haja necessidade de atendermos novos clientes”, ressaltou.

Comprometido em conhecer toda a empresa, o presidente  deve fazer outras visitas às Unidades de Desenvolvimento, ainda sem data marcada, e a São Paulo.