Acompanhe a Dataprev

Plano estratégico prevê consolidar a Dataprev como integradora de soluçõesConsolidar o papel de integradora de soluções para atender de forma completa às demandas dos clientes é uma das principais metas da Dataprev no seu próximo ciclo de planejamento, projetado para o período de 2016 a 2019. A afirmação é do presidente da empresa, Rodrigo Assumpção, que destaca, para este objetivo, a importância da interoperabilidade entre sistemas e bases de dados, e de aperfeiçoar atividades de gestão de processos e de inteligência de negócios, como as soluções de Analytics.

“Precisamos estruturar respostas rápidas e de amplo escopo para os clientes”, diz Assumpção. “Com a infraestrutura tecnológica como base, temos que ir além e aumentar nossa capacidade de desenhar soluções completas de enfrentamento dos temas das políticas sociais.” Segundo ele, a Dataprev deve oferecer, junto aos serviços que já têm disponíveis, novas propostas de processos de trabalho, soluções de atendimento ou de distribuição de informação.

A Dataprev completa 41 anos neste 4 de novembro e também se prepara para encerrar, no final de 2015, um plano estratégico de cinco anos. Na opinião do executivo, a empresa realizou ao longo deste período avanços fundamentais, principalmente em duas áreas chaves: a infraestrutura logística e de TI, e o planejamento. “Temos três data centers modernizados, novos, e estabelecemos com sucesso o processo de planejamento. Esse movimento permite, atualmente, gerenciar custos, estruturar preços, alavancar a atualização tecnológica. São resultados derivados da cultura de planejar e que ampliam o poder de a empresa apoiar o Estado brasileiro no desenvolvimento das políticas.”

Isso significa, por exemplo, cadastros de registros cada vez mais consistentes, com maior qualidade e agilidade na atualização, e checagens dos dados entre diferentes temas e instituições. “Com o conhecimento crescente da área de Analytics e BI, também conseguimos ampliar o poder de análise e a inteligência aplicada à função da política pública”, diz Assumpção. “Quanto mais bases conseguimos cruzar com outras, mais precisão e velocidade nas respostas.”

A rapidez de entrega também é função da integração crescente entre os ambientes e os sistemas, favorecida pela adoção de padrões. Medidas que, como ressalta o presidente da empresa, já estão em curso e devem se aprofundar. “A ideia é que todos os nossos sistemas se comuniquem entre si e com as bases de dados. É o mesmo princípio das conexões de uma rede, que, quanto mais numerosas, mais aumentam o seu valor. Quanto mais integrados os sistemas, mais a Dataprev será capaz de gerar respostas, reflexões, intuições, hipóteses relevantes para os seus clientes.”

Também têm uma função crucial nessa trajetória de avanços, os investimentos na qualidade dos serviços, com ampliação das áreas de testes e de controle de processos. “A busca da excelência na qualidade das soluções e dos serviços é um princípio ético que está na base do planejamento da Dataprev, inspirando um processo constante de melhoria”, diz Assumpção.

Projetos e investimentos - Entre os projetos concluídos nos últimos anos, a empresa lançou o Portal Mais Emprego, que integra o seguro-desemprego ao Pronatec, migrou para plataforma baixa as aplicações previdenciárias da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, renovou os aplicativos utilizados nos postos das Agências da Previdência Social, implantou uma nova versão do Portal do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), passou a oferecer serviços de inteligência de negócios (BI e Analytics), hosting e computação em nuvem, entre outros.

Mesmo o cenário restritivo do contingenciamento orçamentário dos clientes, mais agudo este ano, provocou medidas que aperfeiçoaram a gestão financeira da empresa. De acordo com Assumpção, a gestão de custos se tornou mais complexa mas trouxe formas eficientes de trabalho, que agregaram valor às atividades corporativas. Por outro lado, a diretriz de ampliação contínua do número de clientes e da carteira de serviços são caminhos abertos pela Dataprev para assegurar sustentabilidade aos investimentos constantes na sua atualização tecnológica.

Entre 2010 e 2014, os investimentos da empresa somaram somaram  R$ 685 milhões e promoveram a modernização da infraestrutura, da base computacional, dos acervos de software, dos processos de monitoramento e de gestão. Deste total, R$ 168,9 milhões em 2014, ou 84,4% do orçamento previsto para o exercício, quando a empresa obteve uma receita líquida de R$ 1,053 bilhão e um lucro líquido de R$ 171,1 milhões. Na Melhores & Maiores 2015 da revista Exame, da editora Abril, a produtividade (riqueza/empregado) da Dataprev foi a terceira melhor do setor indústria digital. Em 2015, também foi escolhida pelo segundo ano seguido como a melhor empresa do segmento de serviços públicos, pela publicação IstoÉ Dinheiro.

O presidente da Dataprev ressalta que estão de parabéns todos os empregados que colaboraram para que a empresa chegasse aos 41 anos alinhada com sua missão de apoiar com soluções de TIC a execução e o aprimoramento das políticas públicas. “A empresa está enfrentando muito bem as dificuldades dos nossos clientes e do governo em geral. Depois de atravessar este momento, estaremos cada vez em melhor situação, preparados para alcançar nossos objetivos permanentes de qualidade no serviço público.”