Ir para o conteudo 1

Presidente André Leandro se apresenta durante evento Inova Day, na Dataprev Paraíba.O que é inovação na Dataprev? Empregados da empresa se reuniram na última terça-feira (09) para debater o assunto, conhecer a plataforma IdeiaX e outras informações sobre o Hackathon 2018, novos serviços e parcerias. Presencialmente em João Pessoa e com transmissão para Brasília, Rio de Janeiro, Ceará, Rio Grande do Norte e Santa Catarina, o evento foi batizado de Inova Day e contou com apresentações do presidente da empresa, André Leandro Magalhães, do diretor de Desenvolvimento, Relacionamento e Informações, Ricardo Junqueira, do superintendente de Negócios e Inovação, Edmar Ferreira, de especialistas da Google, entre outros. Os superintendentes Diogo Pizaneschi, de Desenvolvimento de Software, Gilmar Queiroz, de Relacionamento e Gestão de Serviços, e João Lopes, de Atendimento, também estiveram presentes.

A Dataprev tem um processo estruturado de inovação desde março, quando foi criada uma superintendência para abrigar, juntamente com essa área, a busca por novas oportunidades e a continuidade de negócios já presentes na casa. “Desde o começo do ano, mudamos o foco da Dataprev para que a empresa saísse na frente no desenvolvimento de serviços digitais de governo. Fizemos, ao mesmo tempo, um esforço visando entregar ao cidadão, por meio dos nossos clientes, soluções tempestivas, acessíveis e que simplifiquem a vida dos brasileiros”, explicou André Leandro.

Se engana quem acredita que investir em inovação é um gasto. Para o superintendente Edmar Ferreira, o Estado tem políticas que incentivam a busca por novas soluções. “No momento em que diversas instituições de governo passaram a criar mecanismos de captação de ideias inovadoras, a Dataprev trouxe para o setor público o IdeiaX, plataforma disponível para todo o Governo Federal de maneira gratuita. Com isso, ganham as entidades, por hospedarem suas ideias em uma estrutura de governo, e ganha a Dataprev, como agregadora de projetos”, avaliou o superintendente. Em seguida, Kelvin de Assis, analista da Divisão de Estruturação, Processos e Tecnologia para Inovação, detalhou como funciona a plataforma IdeiaX.

Ricardo Junqueira, diretor de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações, apresentou integrantes das equipes selecionadas para a etapa final do III Hackathon Dataprev durante o Inova Day.

 

O Hackathon Dataprev também teve mudanças implementadas em 2018. Os finalistas da última etapa da maratona, que será realizada no começo de novembro, no Rio de Janeiro, foram divulgados durante o Inova Day. As equipes TeamNameNotFound, Hello_World, Vai_na.Sort(), Datamagic e Null embarcam no próximo mês para mais de 50 horas de desenvolvimento e programação. “Tanto a seleção de equipes quanto o desafio final do Hackathon Dataprev foram alterados para que o foco passasse a ser a apresentação de soluções que podem de fato ser incorporadas ao catálogo de serviços da Dataprev”, apontou William Veronesi, gerente do Departamento de Inovação.

Nenhum banco de dados mais seguro foi criado desde o Blockchain. A tecnologia, que garante segurança aos dados armazenados, porque comunica qualquer alteração a todos os usuários, se tornou conhecida com o sucesso das criptomoedas. Como é segura para proteger dinheiro, a mesma segurança passou a ser alvo de interesse para guardar outro tipo de dado altamente sensível: o dos cidadãos. Em estudo na Dataprev desde 2016, em 2018 o Blockchain foi incorporado a um novo serviço em desenvolvimento na empresa, contaram João Carlos Tosta, gerente da Divisão de Gestão do Laboratório de Inovação, e Rodrigo Almeida, líder da Divisão de Estruturação, Processos e Tecnologia para Inovação.

Como as parcerias são uma das três entradas de ideias inovadoras na Dataprev, elas também foram destaque. Roberto Florentino Jr, sócio-diretor, e Diogo Tedesco, especialista em nuvem, ambos da RW3 Tecnologia, área enterprise da Google no Brasil, apresentaram os três pilares da empresa norte-americana para a busca de soluções inovadoras. “Os nossos pilares valem para a Google e também podem auxiliar a Dataprev a dar um passo além. Tenham foco no usuário, trabalhem com liberdade para criar e se proponham a ofertar algo muito melhor quando pensarem em novos produtos e serviços. Na Google, não pensamos em uma solução 10% melhor, mas 10 vezes melhor. Assim criamos coisas fantásticas”, concluiu Diogo Tedesco. A parceria com a empresa está em fase final de viabilização.