Acompanhe a Dataprev

Época Negócios Na edição 2015 do anuário Época Negócios 360º, ranking de desempenho corporativo publicado pela revista Época Negócios, da editora Globo, a Dataprev obteve o 98º lugar entre as 250 melhores empresas de todos os setores, e o 417º, entre as 500 maiores. É também a sexta melhor no setor de tecnologia-software e serviços e a oitava, entre as companhias nacionais de capital estatal. Na região Centro-Oeste, a Dataprev foi indicada como a décima melhor empresa.

O levantamento das melhores considera a avaliação de seis dimensões do exercício das empresas em 2014: desempenho financeiro, governança corporativa, responsabilidade socioambiental, visão de futuro, práticas de RH, capacidade de inovar. “Os resultados da Dataprev continuam expressivos”, afirma Álvaro Botelho, diretor de Finanças e Serviços Logísticos. Nesta edição, ele observa que a governança corporativa trouxe o grande destaque da empresa: foi escolhida no ranking das 250 melhores como a 10ª melhor nesse quesito, bem à frente do 34º lugar registrado em 2013, e a primeira tanto no seu segmento de atuação, quanto no grupo das dez melhores estatais.

Ao avaliar a governança corporativa, a revista leva em conta aspectos relacionados a informações sobre composição e atuação de conselhos, a forma de comunicação com vários públicos, o cumprimento de exigências legais e a conduta nos negócios.

No setor de tecnologia-software e serviços, a Dataprev obteve, ainda, o segundo lugar em desempenho financeiro, dimensão liderada pela Totvs; e o quinto em responsabilidade socioambiental (com Globalweb em primeiro). Os cinco primeiros colocados do segmento foram Globalweb, Stefanini, Tivit, Totvs e Simpress. O banco Itaú foi o primeiro no ranking geral das 250 melhores, e a Petrobras, no das 500 maiores.

O guia Época Negócios 360º analisa empresas de 26 setores. É produzido em uma parceria técnica da revista com a Fundação Dom Cabral, que participa da formulação da metodologia, faz a pesquisa de campo e o processamento final das informações. Também conta com a colaboração da Economática, para dados de companhias abertas, e da Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial). As 250 melhores são listadas segundo a pontuação obtida junto a grupo de jurados nas seis dimensões analisadas, sendo que o resultado obtido em desempenho financeiro é multiplicado por 1,67. Já as 500 maiores são ordenadas com base na receita líquida.