Ir para o conteudo 1

Acompanhe a Dataprev

O Sistema de Acordos Internacionais (Siaci), projeto desenvolvido pela Dataprev para seu principal cliente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), rendeu ao instituto a conquista do “Premio de Buenas Prácticas para las Américas”, concedido pela Associação Internacional da Seguridade Social (AISS). A premiação ocorreu ontem (25) durante o Primeiro Fórum Regional de Seguridade Social para as Américas, que ocorre até o dia 27 de maio em Brasília.

O prêmio concedido pela AISS tem como objetivo reconhecer as melhores práticas na administração da seguridade social e contribuir com as inovações na administração, operação e fornecimento de sistemas. Em operação desde 2008, o Siaci vem facilitando a troca de informações de tempo de serviço e a concessão de benefícios para os trabalhadores que já exerceram funções nos países do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). A ferramenta desenvolvida pela Dataprev permite a transmissão de formulários eletrônicos e imagens pela internet com certificação digital e controle do protocolo de transmissão. Como o Siaci mantém controle dos dados de protocolo referentes aos documentos enviados e recebidos, a qualquer momento é possível consultar ou auditar as transações efetuadas, reduzindo progressivamente a utilização de documentos em papel. O sistema reduz também o prazo para a obtenção dos benefícios sem prejuízo da segurança e da confidencialidade das informações.

A gerente da Divisão de Produtos do Cadastro de Pessoas (DICD) e uma das idealizadoras do projeto, Claudia Irene Jack, destaca a satisfação em desenvolver produtos que sejam úteis para o cliente. “Por meio de sistemas como esse, ajudamos a Previdência a prestar melhores serviços para o cidadão”, comemorou. Idealizado pelas equipes das áreas de Previdência e TI dos países integrantes do Mercosul, o Siaci foi um marco para a Dataprev. Segundo Claudia, ele foi o primeiro sistema que usou o webservice (pois as trocas de informação são feitas pela internet) na empresa. Além disso, a ferramenta foi desenvolvida em software livre e foi a primeira a utilizar certificação digital, revelou a gerente da DICD.

Rômulo Paiva da Rocha, gerente da Unidade de Desenvolvimento de Software Paraíba (UDPB) – unidade responsável pelo desenvolvimento do projeto-, lembrou que o Siaci foi o primeiro sistema produzido pela UDPB. Segundo Rocha, está em desenvolvimento uma nova versão da ferramenta, que contará com outras funcionalidades, como a incorporação de novos formulários ao sistema. O gerente da UDPB também revelou que a nova versão estará disponível até o fim do ano e que, por meio de acordos bilaterais, poderá ser utilizada também pelo Chile.

Com informações do Ministério da Previdência Social