Portal do Governo Brasileiro

Membros do Conselho

Enviado por Dataprev - Quarta, 27 de junho de 2012

Conselho Fiscal

Titulares

Mauro Iunes Okamoto – Presidente

Alessandro Antonio Stefanutto

Joseilton Gonçalves dos Santos

 

Suplentes

Caio César Sales Nogueira

Tatiana Mesquita Nunes Sachs

Valderir Claudino de Souza


Conselho de Administração


Titulares

Carlos Eduardo Gabas  – Presidente

Rodrigo Ortiz Assumpção

Jaime Mariz de Faria Junior

Lindolfo Neto de Oliveira Sales

Miriam Barbuda Fernandes Chaves

Nilton Fraiberg Machado

 

Suplentes

Elisete Berchiol da Silva Iwai

José Edson da Cunha Junior

Cinara Wagner Fredo

Ana Maria Vieira dos Santos Neto Xavier


Tags: , , , , , , , , , , ,


Carta Pré-Aposentadoria

Enviado por Dataprev - Terça, 20 de março de 2012

O serviço de envio de carta aos segurados da área urbana que completam as condições mínimas para se aposentar por idade começou a funcionar no dia 24 de junho de 2009. A carta, que é um Aviso de Requerimento de Benefício, é gerada a partir da base de dados do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e chega sempre  no mês anterior ao que o segurado faz aniversário. Além de informar o direito ao benefício, o texto relaciona os documentos necessários para o atendimento na agência e traz o valor estimado a ser recebido.

Para gerar o documento, que simplifica a vida do cidadão, um complexo sistema foi desenvolvido, em menos de três meses, pela Dataprev, que também é responsável pela infraestrutura que mantém o serviço ativo, bem como a impressão, envio e geração de relatórios para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Desde a base de dados do CNIS, onde estão armazenadas as informações de 190 milhões de contribuintes, até que a carta seja enviada ao correio, é necessária a aplicação de diversos filtros que assegurem que o beneficiário realmente cumpre todos os requisitos para ter direito à aposentadoria.


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Mais de 1.400 vão receber carta-aviso de aposentadoria em janeiro

Enviado por Dataprev - Terça, 05 de janeiro de 2010

Foi liberado no início do mês o primeiro lote deste ano do Aviso para Requerimento de Benefício. Ao todo, 1.462 segurados urbanos que completam as condições para aposentar-se por idade em janeiro vão receber, em casa, uma carta da Previdência Social comunicando que já estão aptos a adquirirem seu benefício a partir da data de aniversário.

Os documentos, validados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), são produzidos e postados mensalmente pela Dataprev, no Centro de Processamento Rio de Janeiro (CPRJ), onde também são emitidos, por exemplo, os Extratos de Pagamento de Benefícios (EPB) com informações sobre pagamentos feitos aos beneficiários.

Para gerar as cartas, mais de cem pessoas, entre empregados da Dataprev e servidores do INSS, participaram do desenvolvimento e testes da arquitetura de comunicação, que consulta as bases do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e de Benefícios. Carlos Aglio, um dos responsáveis pelo desenvolvimento dos sistemas na Dataprev, explica que com pelo menos 30 dias de antecedência uma aplicação busca informações sobre beneficiários que vão completar a idade mínima exigida para aposentadoria: 65 anos para os homens e 60 para as mulheres.

Após esse levantamento há uma sucessão de confirmações, como período de carência – é necessário ter pelo menos 180 contribuições feitas ao INSS –, endereço válido, não ter outra aposentadoria, etc. Apenas os segurados com todas as informações em dia e sem nenhuma inconsistência recebem a carta em casa.

Tecnologia – A arquitetura de comunicação que permite a geração da chamada carta-aviso é composta de várias tecnologias, acessa dados ainda em mainframe e também opera em plataforma baixa. Permite ainda a produção de relatórios estatísticos detalhados, graças ao Netuno, um programa de informações gerenciais que orienta o INSS e o Ministério da Previdência sobre o andamento do processo. Além disso, segundo Carlos Aglio, duas aplicações diferentes finalizam o processo. “Uma delas encaminha os dados para a produção imprimir e postar as cartas. A outra, está interligada ao Sistema de Agendamento Eletrônico (SAE), que inclui as informações do segurado no agendamento”.

No Aviso para Requerimento de Benefício consta, além do nome e do Número de Inscrição do Trabalhador (NIT), a data de nascimento, sexo, informação sobre a quantidade de contribuições ao INSS e estimativa da renda mensal do benefício, com base nos dados do CNIS.

O comunicado contém também um código de segurança que permite ao beneficiário confirmar a autenticidade da carta, garantindo a segurança de seus dados e protegendo-o contra fraudes. A confirmação deve ser feita, pelo próprio segurado, pela Central 135 ou no portal  da Previdência.

Veja os procedimentos de confirmação de informações e outras orientações ao beneficiário clicando aqui.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério da Previdência Social


Tags: , , , , , , , , , , , , , ,


Veja a Revista comemorativa dos 35 anos da Dataprev

Enviado por Jorge de Castro - Quinta, 19 de novembro de 2009

Clique na imagem abaixo e acesse a Revista Dataprev 35 anos. São 32 páginas com fotos, histórias da empresa e de seus empregados, além de depoimentos e perspectivas para o futuro. Não deixe de ler!

capa_revista


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Novo CNIS vence o Prêmio TI & Governo

Enviado por Jorge de Castro - Sexta, 13 de novembro de 2009

Dataprev recebe premiação, pelo segundo ano consecutivo. Dessa vez pelo projeto Segurado Especial, na categoria e-serviços

Pelo segundo ano consecutivo, a Dataprev venceu o Prêmio TI & Governo . O projeto Segurado Especial do Cadastro Nacional de Informações Sociais (SE-CNIS), desenvolvido pela Unidade de Desenvolvimento de Software da  na Paraíba (UDPB), levou o primeiro lugar na categoria e-serviços. O software permite identificar as entidades representativas dos segurados especiais, como indígenas e pescadores.

A premiação será entregue nesta terça-feira (15) às 19 horas, no Hotel Mercure, em São Paulo.

A equipe da Dataprev na Paraíba é responsável também pelo Sistema de Acordos Internacionais (Siaci), que recebeu a premiação no concurso no ano passado. Em atividade desde julho do ano passado, a ferramenta permite a rápida transmissão, via internet, de formulários destinados à troca de informações de tempo de serviço e concessão de benefícios para os trabalhadores migrantes dos países signatários do Mercosul – Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Sua utilização evita que os trabalhadores que estejam fora de seu país sejam obrigados a receber benefícios apenas em sua cidade de origem, por meio de procurador.

Prêmio – Foram inscritos nessa edição 76 projetos, classificados em três categorias: e-Administração Pública, e-Democracia e e-Serviços. Durante a avaliação da comissão julgadora, são considerados o caráter inovador, relevância social e envolvimento de recursos humanos. Os 20 mais pontuados são premiados.

Os vencedores do prêmio TI & Governo 2009 terão seus projetos publicados na 5ª Edição do Anuário TI & Governo 2009, que é oferecido pela Plano Editorial. Além do anuário, a editora é responsável por outras publicações, como a Informática Hoje e o newsletter TI & Governo.

Parceria – O sistema ganhador do prêmio foi desenvolvido pela Dataprev para atender a uma demanda do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O objetivo era uma aplicação moderna,  que contemplasse os brasileiros que não estão cadastrados no CNIS, os chamados segurados especiais (trabalhadores que exercem a atividade na área rural, pescadores e indígenas, juntamente com o seu grupo familiar). Atualmente, estima-se que há sete milhões de pessoas nessa situação.

Graças a esse projeto, o INSS pretende garantir com maior agilidade e confiabilidade os direitos previdenciários dessa parcela significativa e importante da população brasileira.

Iniciado em junho de 2008, o projeto teve sua primeira versão concluída em maio de 2009. No entanto, o INSS decidiu mudar a base de dados que o sistema iria utilizar na hora de reconhecer as entidades dos segurados especiais. Ficou acertado então que o SE-CNIS seria integrado com os sistemas de autenticação do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e não mais com os programas da Receita Federal, já que é o ministério que tem o cadastro dos sindicatos.

Tecnologia – Segundo um dos gerentes do projeto Robson Ytallo Silva de Oliveira, o SE-CNIS foi desenvolvido em linguagem Java para web e banco de dados Oracle. “A persistência, ou seja, oprocesso de gravação e leitura dos dados, é feita pelo framework JPA [Java Persistence API]. Na camada de negócio, o processamento das funcionalidades, utilizamos a tecnologia EJB 3.0 [Enterprise Java Beans]. Para a camada de apresentação, a interface do programa, foi utilizado o framework JSF [Java Server Faces]”, explicou Oliveira.

No sistema utilizado hoje nas agências da Previdência Social (APS) e na internet – por meio do cadastro de Pessoa Física –, o beneficiário é identificado somente como segurado especial. Com o novo SE-CNIS, será possível dizer ainda qual a forma de exercício e a vinculação dele (se é pescador, agricultor ou índio e qual etnia, por exemplo), além da formação do grupo familiar.


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Páginas: 1 2 Próxima
Dataprev - Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social
Centro Empresarial Parque Cidade Corporate
Setor Comercial Sul Quadra 9 Bloco A, Torre B, 1º e 2º andares - Brasília - DF - CEP 70308-200
Telefone: +55 61 3207-3000
Logo da Licença Creative Commons Todo o conteúdo está licenciado sob a CC-by-sa-2.5, exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.