Portal do Governo Brasileiro

Dataprev leva suas experiências à Latinoware 2009

Enviado por Dataprev - Terça, 20 de outubro de 2009

Cerca de 4 mil estudantes, entusiastas, especialistas e profissionais dedicados ao software livre estarão reunidos em Foz do Iguaçu (PR), de 22 a 24 de outubro, para a sexta edição da Conferência Latino-Americana de Software Livre (Latinoware 2009). Espaço dedicado às discussões e reflexões sobre a utilização de código aberto na América Latina, o evento  ocorre dentro  do complexo da hidrelétrica Itaipu Binacional.

Entusiasta do uso de padrões abertos, a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) participa mais uma vez do evento com palestras e estande que apresenta seus produtos. Adilson Oliveira Cruz apresenta o “SGA Livre – Dataprev”, explicando o funcionamento do Sistema de Gerenciamento do Atendimento que será disponibilizado no Portal de Software Público. Além disso, a programação do evento conta com duas outras palestras da empresa: “Modelo de Gestão de Servidores para as Agências da Previdência Social” (Ricardo Camargo Barioni) e  “O Ginga ajuda a criar o Sistema Latino-Americano de TV Digital” (Edson Luiz Castilhos e Marco Munhoz da Silva).[Confira a programação completa do evento]

Desenvolvido pela Dataprev, o projeto Siprev/ Gestão de RPPS , será apresentado por Márcia Lúcia Paes Caldas, da Secretaria de Políticas de Previdência Social do Ministério da Previdência Social. Fruto de parceria entre os Ministérios da Previdência e do Planejamento, o software vai permitir o cruzamento das bases de dados dos estados com o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), a fim de levantar possíveis casos e tentativas de fraudes contra a previdência brasileira.

O que é? – Promovida pela Itaipu Binacional, Fundação Parque Tecnológico Itaipu – Brasil, Companhia de Informática do Paraná (Celepar) e Serviço Federal de Processamento de dados (Serpro), a Latinoware  promove uma extensa grade de palestras, mesas de discussão e workshops sobre temas ligados às tecnologias da informação e comunicação, sustentadas em sistemas de software livres desenvolvidos no continente.


Tags: , , , , , , , , , , , , ,


O novo CNIS

Enviado por Dataprev - Sexta, 09 de outubro de 2009

A nova versão do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) está sendo implantada pela Dataprev, com a ajuda do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Mais funcional e atendendo aos requisitos do Novo Modelo de Gestão do INSS (NMG), o sistema foi desenvolvido nas Unidades de Desenvolvimento de Software (UD) da Dataprev, na Paraíba e Rio de Janeiro, com ajuda da dos desenvolvedores de Santa Catarina.

O primeiro pacote, em fase de homologação, contempla quatro módulos: Segurado Especial (SE), Pessoa Física (PF), Vínculos e Remunerações (VR) e Contribuinte Individual (CI). Marco importante para a Dataprev, o produto consolida os esforços da empresa para concluir sua modernização tecnológica e é fundamental para a desmobilização de um dos mainframes.


Tags: , , , , , , , , , , , , ,


Modernização Tecnológica - Apresentação realizada no Secop 2009

Enviado por Dataprev - Sexta, 09 de outubro de 2009

Confira a apresentação realizada por Rodrigo Assumpção, presidente da Dataprev, nesta sexta-feira (9), na 37ª edição do Secop 2009, que ocorre em Salvador, na Bahia.

Assumpção apontou como grande desafio a migração de sistemas fundamentais para a prestação de serviços da Previdência Social, como o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) para plataforma aberta, durante um intenso processo de expansão da Previdência.

O Secop acontece em Salvador e desde quarta-feira, reune mais de 600 gestores públicos do setor de tecnologia da informação e comunicação.

Veja a apresentação


Tags: , , , , , ,


Avanços da modernização tecnológica são apresentados ao TCU

Enviado por Dataprev - Quarta, 07 de outubro de 2009

O cronograma de andamento da modernização tecnológica da Dataprev foi apresentado pela diretoria da empresa, nesta terça-feira (6), ao Tribunal de Contas da União (TCU). Em reunião, na sede do Tribunal, em Brasília (DF), Rogério Mascarenhas, diretor de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações, falou sobre o andamento do processo, que é composto de três ações principais: migração de dados e sistemas de mainframe para plataforma de código aberto; modernização do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e desenvolvimento da primeira etapa do Sistema Integrado de Benefícios (Sibe 1).

O presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção, e o diretor de Infraestrutura de TIC da empresa, Daniel Darlen, também participaram da reunião, que contou ainda com a presença da procuradora Raquel Branquinho (MPF) e de representantes da Receita Federal do Brasil (RFB) e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre eles o diretor de Benefícios, Benedito Adalberto Brunca.

Empenhada em cumprir os prazos acordados com os órgãos de controle, a Dataprev listou as atividades realizadas no último mês, como capacitação dos sustentadores nas linguagens do ambiente futuro e definição da documentação geral das ordens de serviço junto ao Consórcio responsável pela migração. Na oportunidade, também foi mostrado um exemplo de sistema no ambiente antigo e já operando em plataforma baixa. Com leiaute mais simples e claro, o novo aplicativo apresentado é mais fácil de acessar e operar.

Complexidade – O presidente da Dataprev destacou ao TCU e à procuradora que a modernização é hoje o esforço mais importante em andamento na empresa. “Ressalte-se que estamos colocando em prática algo que foi planejado há vários anos e que possui muitos aspectos, como o fim da dependência tecnológica da Dataprev em relação aos mainframes e à tecnologia utilizada”, disse Assumpção.

Outro ponto destacado pela Dataprev é que os sistemas que estão sendo desenvolvidos e aperfeiçoados hoje para o INSS, foram acordados em 2001, 2002. São demandas muito antigas. “Essa modernização vai garantir algo muito importante para a Previdência, que é a documentação de todos os sistemas que estão sendo desenvolvidos”, afirmou Assumpção.

Dataprev e INSS ressaltaram a importância da prudência no processo de modernização, uma vez que estão envolvidos sistemas fundamentais para garantir concessão de direitos aos cidadãos. “O que todos concordamos aqui é que acima de qualquer acordo ou acórdão está a prestação de serviços aos brasileiros, está o processamento e emissão mensal de uma folha de pagamento com 26,8 milhões de benefícios”, reforçou Brunca, diretor do INSS. A afirmativa foi endossada pela procuradora Raquel Branquinho, que também acredita que a responsabilidade com esses serviços é primordial.


Tags: , , , , , , , , , ,


O que a Dataprev está migrando?

Enviado por Dataprev - Quarta, 07 de outubro de 2009

Desde o ano passado a Dataprev está migrando todos os sistemas de grande porte de benefícios, hospedados no mainframe Unisys chamado de CV3, bem como os sistemas da Secretaria da Receita Federal do Brasil, relativos a antiga Receita Previdenciária (localizados no mainframe Unisys denominado MV2). Além disso, está migrando também outros sistemas, em processamento na plataforma alta chamada de CV2, onde também estão hospedadas algumas bases do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Tanto o CV2 quanto o CV3 estão localizados no Centro de Processamento Rio de Janeiro (CPRJ). Já o MV2, funciona no CP São Paulo.

 


Tags: , , , , , , , , , , ,


Páginas: Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próxima
Dataprev - Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social
Centro Empresarial Parque Cidade Corporate
Setor Comercial Sul Quadra 9 Bloco A, Torre B, 1º e 2º andares - Brasília - DF - CEP 70308-200
Telefone: +55 61 3207-3000
Logo da Licença Creative Commons Todo o conteúdo está licenciado sob a CC-by-sa-2.5, exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.