Ir para o conteudo 1

Os data centers da Dataprev estão localizados no Rio de Janeiro, em São Paulo e Brasília, com capacidade para computação de alta disponibilidade e recursos redundantes de rede elétrica e refrigeração. Conectados por circuitos de alta velocidade, os três ambientes contam com parque tecnológico atualizado e salas-cofres certificadas e blindadas. Funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana.

A empresa concluiu em 2014 a modernização de seu parque de TI, com investimentos que somaram cerca de R$ 400 milhões em três anos, e aumentaram a segurança, a capacidade energética e a disponibilidade dos ambientes de produção, hoje de quase 100%. Com isso, a empresa mais do que dobrou a sua infraestrutura tecnológica. 

No fim de 2017, os data centers Rio de Janeiro e São Paulo atingiram o último nível da classificação Tier III. E, em abril de 2019, o ambiente de Brasília também foi certificado. Ao atingir esse patamar, a Dataprev se tornou a primeira empresa pública do país a receber o selo Operational Sustainability em todos os seus data centers e completar o ciclo Tier III.

O UpTime Institute é a organização internacional que atesta o atendimento a requisitos específicos de segurança e disponibilidade da infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação. Um data center Tier III não interrompe as suas operações para substituir equipamentos ou realizar serviços de manutenção.

Em 2018, a Dataprev tornou-se também a primeira empresa pública da América Latina a receber o selo CEEDA - Certified Energy Efficiency in Data Centres Award - que atesta as melhores práticas de eficiência energética de seus três data centers e confirma que a gestão e operação dos ambientes estão alinhadas com a estratégia de sustentabilidade operacional da empresa.

Conferido pela Datacenter Dynamics Brasil Tecnologias Ltda, o selo é independente, ou seja, não possui vínculo com fornecedores e fabricantes.

São Paulo

Data Center SP

Com a conclusão de sua reforma em 2013, o data center da Dataprev em São Paulo passou a operar com uma nova sala-cofre de 209 m², além da anterior, de 75 m². Conta ainda com sala de telecomunicações, fitoteca, nova central de monitoramento, geradores e sistemas de refrigeração avançados.

Rio de Janeiro

Data Center RJ

A modernização realizada no Rio foi concluída em 2014, quando o data center ganhou uma nova sala-cofre, de 488 m². Além do aumento de capacidade energética e de refrigeração, imprescindível para futuras expansões, a operação ininterrupta é um dos ganhos resultantes das obras.

Distrito Federal

Data Center DF

Primeiro a passar por atualização tecnológica, em 2012, o data center em Brasília contou com uma adequação da infraestrutura elétrica, com instalação de novos grupos geradores e no-breaks. A área útil foi ampliada para 225m², com aumento da quantidade de equipamentos hospedados.

Visite o data center

Catálogo de serviços