Acompanhe a Dataprev

Data center da DataprevDiante do cenário de disseminação do novo coronavírus no País, a Diretoria Executiva da Dataprev implementou medidas de prevenção e segurança para os empregados em todas as suas unidades. O objetivo é garantir a continuidade dos serviços prestados pela empresa à sociedade. O normativo está em consonância com o Decreto n. 10.282, de 20 de março de 2020, assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e publicado no último sábado (21), no Diário Oficial da União (DOU).

A Dataprev é responsável pelo processamento e pagamento dos benefícios previdenciários e assistenciais da população brasileira. Neste mês de março, por exemplo, o tratamento da "folha" resultou em R$ 48,2 bilhões em pagamentos líquidos aos beneficiários. “Uma das nossas prioridades é garantir o processamento e pagamento integral da folha dentro do prazo. As famílias receberão seus benefícios. A empresa nunca atrasou e não será agora que deixará de cumprir com a sua missão. As equipes técnicas são competentes e têm ciência de sua responsabilidade”, destacou o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto.

Nesta fase, para contribuir com o enfrentamento da COVID-19, a empresa também está reforçando sua infraestrutura de TI para garantir a estabilidade do sistema “Meu INSS”. O aplicativo é responsável por oferecer mais de 90 serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao cidadão, entre eles: perícia médica, requerimentos, consulta dos dados de benefícios, extrato previdenciário e informe de rendimentos para declaração de imposto de renda.

Além disso, os desenvolvedores e programadores têm atuado na finalização da implantação das regras da Nova Previdência ao sistema e, também, já trabalham com as equipes do INSS e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho na efetivação das medidas emergenciais anunciadas pelo Governo Federal na última semana.

Atividades essenciais

A Dataprev possui Unidades de Desenvolvimento (UDs) em cinco estados: Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Já os seus centros de processamento de dados (data centers), projetados para promover a alta disponibilidade e segurança das plataformas, estão localizados no Distrito Federal, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Dentre as ações adotadas pela Diretoria Executiva para evitar descontinuidade das tarefas indispensáveis, foram identificadas as atividades essenciais, a organização das equipes de contingência para manutenção desses serviços e o envio de solicitação formal às autoridades locais (governadores e prefeitos). As autorizações são necessárias para garantir o trânsito e o acesso dos empregados selecionados às unidades da empresa.

O trabalho da empresa é considerado essencial pelo Estado e consta na lista do decreto dos serviços que não devem ser paralisados em função da quarentena. O intuito é impedir a interrupção de atividades e do fornecimento de insumos e materiais necessários à sobrevivência, saúde, abastecimento e segurança da população.