Acompanhe a Dataprev

Homem acessando o Meu INSS pelo celularA partir desta segunda-feira (13), todas as solicitações de recurso, revisão de benefício ou cópia de processo poderão ser feitas pelo Meu INSS, sem necessidade de agendamento ou deslocamento a uma agência do INSS. Esta é a primeira entrega do projeto de Transformação Digital do instituto, que tem como principal objetivo melhorar a prestação dos serviços públicos aos segurados da Previdência. Lançado em abril, o projeto tem entre seus parceiros a Dataprev, responsável por prover a tecnologia necessária e aplicar a inteligência em processos para o alcance dos objetivos.

“A Dataprev já disponibiliza desde a concessão automática, por meio do SAG Gestão, que o INSS tenha autonomia para fazer essa virada de chave de agendamento para requerimento automático. Mas a mudança precisa ser planejada em conjunto com a Dataprev, uma vez que haverá impacto na nossa infraestrutura”, explica Priscilla Vieira, líder de uma das oito frentes de trabalho definidas no projeto.

Entenda a diferença entre recurso e revisão

O recurso é utilizado quando o cidadão não concorda com a decisão do INSS em relação ao pedido. Já a revisão pode ser solicitada sempre que o segurado não concordar com o valor do benefício. Segundo estimativa do INSS, juntos, esses dois serviços somados à solicitação de cópias de processos levam mais de 70 mil pessoas todos os meses às agências. Com a alteração de fluxo desses requerimentos para o formato remoto, conforme previsto em norma do instituto, a expectativa é reduzir o número de atendimentos presenciais.

Como acessar

Para acessar os serviços de cópia de processo, revisão e recurso pelo Meu INSS, basta ir em “Agendamentos/Requerimentos”, escolher o requerimento ou clicar em ‘novo requerimento’, atualizar os dados caso seja pedido e, logo em seguida, escolher a opção “Recurso e Revisão” ou “Processos e Documentos”, quando o segurado quiser uma cópia de processo.

A senha inicial para acesso ao Meu INSS pode ser obtida no próprio site/app, ou por meio do Internet Banking da rede credenciada (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob, Sicredi). O INSS disponibiliza ainda a central 135 para quem precisar tirar dúvidas.

Transformação Digital

O projeto de Transformação Digital do INSS tem três objeitvos: melhorar o atendimento ao público, dar celeridade na análise dos processos e reduzir pagamentos indevidos. A iniciativa é tratada como prioritária no Governo Federal e conta com a participação de gestores do INSS, da Dataprev e das secretarias de Governo Digital, Especial de Modernização do Estado/SG/PR e Especial de Previdência e Trabalho.

O projeto tem também seis metas principais:

•    Ampliar 30% da participação da rede parceira;
•    Ampliar a participação dos canais não-presenciais para 60% dos atendimentos;
•    Reduzir 25% dos atendimentos presenciais (espontâneos);
•    Reduzir 30% do percentual de processos represados acima de 45 dias;
•    Reduzir 50% dos requerimentos presenciais;
•    Reduzir 70 % do pagamento dos benefícios com possíveis inconsistências.

A metodologia do projeto é baseada em entregas de serviços digitais para o cidadão, que já poderá perceber as mudanças que foram implementadas para facilitar o seu dia a dia.