Acompanhe a Dataprev

Página inicial do aplicativo simulador de aposentadoriaPara facilitar a vida do cidadão brasileiro, a Dataprev desenvolveu um simulador de aposentadoria*. A “calculadora” permite saber quanto tempo falta para se aposentar, de acordo com as novas regras da Previdência, e é capaz de realizar simulação da aposentadoria por tempo de contribuição ou por idade, de forma simples e intuitiva. A ferramenta inclui todos os tipos de profissionais que se enquadram na regra geral (RGPS não-professor e não-trabalhador-rural).

De acordo com o diretor de Desenvolvimento e Serviço (DDS), André Côrte, o simulador busca simplicidade, utilizando os conhecimentos da Dataprev sobre previdência. “O nosso simulador busca uma experiência simples e precisa. Sua construção contou com o conhecimento de negócio da própria empresa e, comparado com os demais simuladores, atende também quem tem direito pela regra antiga, além das opções de transição. Em adicional, o aplicativo faz a simulação antecipando parte das regras que estão sendo especificadas pela previdência”, explicou o diretor.

Para o superintendente de Produtos e Informação (SUPI), Gilmar Queiroz, o aplicativo foi desenvolvido em tempo hábil e de maneira ágil para atender a demanda. O superintendente explicou ainda que esta aplicação pode ser um estímulo para o aumento de acessos ao Meu INSS, aplicativo desenvolvido também pela Dataprev. “O aplicativo foi desenvolvido em duas semanas. Considerando a divulgação da mídia em torno do tema da Reforma da Previdência, entendemos que esta aplicação possa ser um estímulo e, consequentemente, gerar um aumento de acesso às aplicações do Meu INSS”, contou o superintendente.

De acordo com o analista da Coordenação de Gestão de Padrões de Desenvolvimento (COPD), José Rogério Filho, o aplicativo tem o objetivo de simular a aposentadoria do trabalhador urbano que se enquadra na regra geral mostrando o tempo mínimo necessário para cada uma das cinco regras de transição a que ele tem direito. “O aplicativo conta com uma interface simples e funcional, exibindo poucas perguntas e permitindo uma experiência agradável aos diferentes tipos de usuários”, explicou o analista.

O analista da Divisão de Gestão de Capacidade do Rio Grande do Norte (D5GC), Luis Sérgio Araújo, conta que, durante o desenvolvimento do aplicativo, os desenvolvedores buscaram uma interface intuitiva e simples que indicasse em qual regra o cidadão teria uma aposentadoria mais rápida ou mais rentável. “Durante o desenvolvimento do simulador, procuramos a interface mais fácil para atender a todos os públicos. Também procuramos formas de mostrar para o cidadão qual regra se encaixa na sua realidade atual”, contou o analista.

O simulador tem como objetivo principal mostrar para o usuário qual das regras de aposentadoria se adequa à sua realidade, de forma simples e intuitiva, para que todos os cidadãos possam usufruir da solução. O aplicativo pode ser utilizado na versão mobile e já está disponível na Play Store do Google e na Apple Store.

*O aplicativo é um simulador e não acessa os dados do cidadão.