Ir para o conteudo 1

Usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal Dataprev. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nosso Aviso de PrivacidadeAo continuar navegando, você confirma que leu, compreendeu e consente com a utilização de cookies.

Atualizado em: 
qua, 21/09/2022 - 14:32

Modernização foi feita pela Dataprev. Nova plataforma possui módulo de consulta às informações das pessoas e famílias inscritas

 

O Cadastro Único para Programas Sociais ganhou, nesta terça-feira (20), um novo portal totalmente modernizado. A iniciativa foi realizada pela Dataprev. O primeiro módulo permite consultar dados de famílias já cadastradas e está integrado ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) – também mantido pela empresa pública. Com isso, mais de 20 bases federais de dados funcionarão de forma integrada.

O CNIS reúne mais de 80 bilhões de registros administrativos, como nascimento, óbito, identificação pessoal (como o CPF) e informações atualizadas de renda, vínculos de emprego formal e benefícios previdenciários e assistenciais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Nesse primeiro momento, o novo portal contará com um módulo de consulta às informações das famílias inscritas no Cadastro Único com a incorporação dos dados disponibilizados pelo CNIS.

A expectativa é que a nova funcionalidade auxilie os gestores municipais e os cidadãos no momento da entrevista e da coleta dos dados cadastrais, proporcionando mais qualidade aos dados das famílias em situação de vulnerabilidade. As gestões municipais participaram de testes da ferramenta, promovidos pela Secretaria Nacional do Cadastro Único (Secad) do Ministério da Cidadania, e avaliaram a inovação como positiva.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o Cadastro Único foi criado em 2001, como um instrumento para identificar e caracterizar as famílias de baixa renda, e ganhou uma versão on-line em 2010 – desenvolvida pela CAIXA. Desde então, o sistema passou por poucas evoluções. A atual estratégia de modernização do Cadastro Único atua em diversas frentes, com a implantação do novo portal desenvolvido pela Dataprev, o aprimoramento do aplicativo para smartphones e a publicação de uma nova portaria para disciplinar a gestão e os processos de utilização dos dados das famílias cadastradas.

O Sistema de Cadastro Único operacionalizado pela CAIXA seguirá funcionando normalmente. A transição da entrada e manutenção de dados das famílias para o novo portal ocorrerá gradualmente.

Segundo levantamento de agosto de 2022, o Cadastro Único tem mais de 38 milhões de famílias cadastradas, que representam cerca de 89,3 milhões de pessoas. A iniciativa é utilizada como base para concessão e manutenção de benefícios em 28 programas federais, entre eles o Auxílio Brasil, a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Aplicativo

Desenvolvido pela Dataprev para o Ministério da Cidadania, o aplicativo do Cadastro Único para smartphones já teve mais de 4 milhões de downloads e, também, ganhou novos ajustes em agosto. A última atualização permite o preenchimento automático do endereço a partir do CEP durante a realização do pré-cadastro. Além disso, o cidadão agora consegue visualizar a sua identificação em todas as telas na barra superior do app, confirmando a identidade do usuário que está conectado.

Por meio do aplicativo, já foram realizados 650 mil pré-cadastros. O app também permite que o cidadão faça a atualização cadastral por meio da confirmação dos dados, quando não há nenhuma alteração nas informações prestadas anteriormente. Já são 402 mil atualizações por confirmação feitas pela ferramenta.

 

*** Com informações do Ministério da Cidadania.