Ir para o conteudo 1

Imagem de celular com a tela do aplicativo Meu INSSA partir desta quarta-feira (10), 90 dos 96 serviços do INSS podem ser solicitados sem sair de casa. O conjunto dos novos serviços disponíveis a distância representa uma média mensal de 670 mil atendimentos presenciais que agora poderão ser feitos pela internet e pelo telefone. O avanço faz parte da Transformação Digital do Instituto, que conta com a Dataprev como parceira tecnológica do projeto.

Entre os serviços disponibilizados esta semana estão 19 relativos a Acordos Internacionais Previdenciários e outros nove que ainda faltavam ser digitalizados, como o Seguro Desemprego do Pescador Artesanal.

“Muitas entregas já foram feitas. Hoje nós temos oito células ágeis em funcionamento. E o que fizemos de diferente? Adotamos uma postura de trabalho de parceria com o cliente. E com a Dataprev e o INSS trabalhando em conjunto, temos todas as competências no mesmo ambiente para resolver os problemas e para dar andamento e implementar o projeto”, destaca a presidente da Dataprev, Christiane Edington.

Desde maio, vários serviços do INSS que até então só podiam ser solicitados pessoalmente numa agência (como recurso, revisão e cópia de processo), vêm sendo oferecidos no site, no aplicativo Meu INSS e no telefone 135 para agilizar o atendimento, o tempo de espera e reduzir as filas.

Depois, 23 serviços de manutenção foram digitalizados, como mudar de agência, cadastrar procuração ou solicitar pagamento não recebido. No mês passado, outros 19 serviços também passaram a ser feitos a distância, incluindo pedido de aposentadorias, pensões e Certidão de Tempo de Contribuição.

Outra novidade foi o lançamento da Calculadora da Aposentadoria por Idade que calcula quanto tempo falta para se aposentar, simula a renda inicial, e mostra se o segurado tem realmente direito ao benefício. Confira, no site do INSS, a lista dos 90 serviços agora disponíveis pelo Meu INSS e telefone 135.

O objetivo é que com a automatização o atendente seja acionado somente nos casos mais complexos. Em dois meses, o número de requerimentos feitos pessoalmente caiu de 102.010 para 32.051. E os pedidos por telefone e internet subiram de 9.652 para 105.739. Apenas aqueles que exigem a presença do segurado continuam presenciais, como perícia médica e prova de vida.

Além do INSS e da Dataprev, a Transformação Digital do instituto conta com o apoio da Secretaria de Governo Digital, da Secretaria Especial de Modernização do Estado e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.