Ir para o conteudo 1

Acompanhe a Dataprev

A contagem regressiva para o Hackathon Dataprev 2019 já começou. A maratona de programação, que está em sua quarta edição, tem como tema o "Desenvolvimento de soluções para a promoção da cidadania digital". O objetivo é que os participantes criem soluções que possam ser utilizadas para facilitar a vida do cidadão, democratizando o acesso aos serviços públicos de forma digital a partir de desafios definidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“O FNDE é a segunda maior autarquia do Governo Federal, sendo responsável por mais de 50 programas de governo para a Educação. Hoje, há aproximadamente 150 mil escolas com aproximadamente 35 milhões de estudantes atendidos pelo FNDE. A Dataprev, como empresa com foco em prover cidadania digital, não poderia ficar de fora desse ramo da vida dos cidadãos brasileiros. Enxergamos nessa parceria com o FNDE a possibilidade de grandes conquistas para as duas instituições e para a sociedade Brasileira”, ressalta o gerente do Departamento de Inovação da Dataprev, William Veronesi.

Este ano a maratona, que mobiliza desenvolvedores da Dataprev de diferentes estados, terá 28 horas de duração, entre os dias 26 e 27 de outubro, no Rio de Janeiro, durante o Festival de Cultura Digital Hacktudo, que conta com o patrocínio da empresa.

Uma comissão multidisciplinar selecionará o trabalho vencedor, de acordo com critérios como criatividade, inovação, qualidade técnica e complexidade de implantação. Serão premiadas as três equipes melhores pontuadas, de acordo com a avaliação dos jurados.

Laboratório de inovação

O Hackathon é uma das iniciativas do laboratório de inovação da Dataprev, que tem como foco a experimentação de novas oportunidades e a transformação de boas ideias em produtos e serviços inovadores. Um exemplo é o projeto, realizado em parceria com o INSS, que prevê o uso de biometria digital e facial para realização de Prova de Vida. Com uso da tecnologia e por meio de um smartphone, segurados do INSS poderão, a partir deste ano, cumprir a exigência sem sair de casa, pelo aplicativo Meu INSS.